Monthly Archives: August 2015

Protocolos: entendendo a conversa na Rede

Veja o primeiro post na série “Como funciona a Internet?”. (LINKAR)

Diferentes interpretações

Diferentes interpretações para a mesma coisa pode gerar problemas…

Você provavelmente já ouviu falar de vários protocolos da Internet. Por exemplo, o Hypertext Transfer Protocol. Nunca ouviu? Que tal se eu falar HTTP, se lembra agora?
O protocolo HTTP é o que usamos para ver sites através de um navegador – é isso que quer dizer um http:// na frente de cada endereço de site. Se você já usou algum servidor FTP, você sabe que ele serve para transferir arquivos (File Transfer Protocol).

Dois dos protocolos mais importantes são o Protocolo de Controle de Transmissão (TCP) e o Protocolo de Internet (IP). Na maioria dos artigos e fóruns de Internet você irá vê-los citado em conjunto, como TCP/IP.

O que esses protocolos fazem? No nível mais básico, esses protocolos estabelecem regras para como a informação é transmitida através da Internet. Sem essas regras, você precisaria se conectar diretamente a outros computadores para acessar a informação que eles possuem. Você também precisaria que tanto seu computador quanto o computador destino entendesse uma linguagem exótica comum.

Cada computador na Internet possui um endereço IP. É assim que uma máquina encontra outra na Internet. Quando você envia uma mensagem ou captura uma informação de outro computador, os protocolos TCP/IP são responsáveis por fazer a transmissão possível.

Sua requisição viaja pela Internet até chegar a um DNS (Servidores de Nome de Domínio) que encontram o servidor destino. O DNS aponta a requisição na direção correta. Uma vez que o computador destino recebe a requisição, ele pode enviar uma resposta para seu computador. A resposta pode viajar por um caminho totalmente diferente para voltar até você. Essa proposta flexível de transmissão de dados é parte do que faz a Internet uma ferramenta tão poderosa.