Breve história da computação – Parte 2 de 2

Se você ainda não leu, veja a primeira e segunda geração na primeira parte do post.

Terceira geração – Circuitos Integrados: 1963 – 1971

A invenção do circuito integrado em 1958 nos deu uma terceira geração de computadores. Com essa invenção, computadores se tornaram menores, mais poderosos, mais confiáveis e eram capazes de rodar diferentes programas ao mesmo tempo.

O primeiro Circuito Integrado
O primeiro Circuito Integrado

Resumo:

  • Construída a partir de circuitos integrados
  • Os circuitos integrados permitiram redução de custo, redução de tamanho e aumento da velocidade de processamento que alcançou a ordem de microssegundos (10-6)
  • Tem início o uso de Sistemas Operacionais mais avançados

 

Quarta geração – Microprocessadores – de 1971 até hoje

A aparição do microprocessador em 1971 permitiu que a quarta geração surgisse. Ainda vivemos a quarta geração. Microprocessador ou processador é um dispositivo que possui milhares de circuitos integrados que por sua vez possui milhões de transistores, construídos sobre uma camada de silício. Nesta geração os computadores deixaram de ocupar salas para ocupar o espaço de um pequeno chip.

Quatro anos após o surgimento do processador, o Altair 8800 tornou-se o primeiro computador pessoal a ser lançado no mercado. Em 1980 o Microsoft Disk Operation System (MS-DOS) nasceu e em 1981 a IBM apresentou o computador pessoal (PC) para uso doméstico e corporativo. Três anos depois a Apple lançou o computador Macintosh com sua interface guiada por ícones e os anos 90 nos apresentou o sistema operacional Windows. O resto é história. Atualmente as melhorias nos computadores são mais focadas na conectividade e mobilidade.

Se você acha que os computadores surgiram no século 19, você se engana. Os primeiros computadores mecânicos surgiram em 1642.

1642 – Primeira máquina de calcular

  • Blaise Pascal – Cientista Francês – Tinha apenas 19 anos
  • Foi criado para ajudar o pai, que era coletor de impostos do governo Francês
  • Inteiramente Mecânica
  • Engrenagens movidas a manivelas operadas à mão
  • Fazia apenas SOMA e SUBTRAÇÃO
Pascalina
A Pascalina, primeira máquina de calcular

 

Com o passar do tempo surgiram diversos outros motores diferenciais (máquinas de calcular) até o ano de 1834 quando o pai do computador e avô do computador digital moderno, o inglês Charles Babbage, criou um motor analítico inteiramente mecânico e com quatro componentes: memória, unidade de computação, leitor de cartão perfurado e cartão perfurado.

Motor Analítico criado por Charles Babbage
Motor Analítico criado por Charles Babbage

 

Por que é importante saber isso?
Porque se você fosse um cirurgião cardíaco, iria querer saber como o antibiótico surgiu!

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*